18/05/2016

A Blank Paper, a Manifesto

18/05/2016

A Blank Paper, a Manifesto

Com um tom poético, Fedrigoni lembra-nos que foi com a ajuda de um papel que se narraram as melhores histórias, que se desenharam grandes obras de arte, que se projetaram edifícios, que se resolveram enigmas, se viveram aventuras ou se criaram sinfonias. O uso do papel é tão amplio e tão universal que nele se imprimiram das mais completas enciclopédias às mais delicadas poesias.

Fedrigoni lança um manifesto onde um papel branco e a sua imaginação é tudo o que precisa para dar vida às suas ideias e forma às suas criações. E o melhor de tudo isto, é que o papel em branco é o início dum caminho que o levará onde você quiser.

Atreve-se?

#BlankPaperChallenge